Estamos arrumando a casa...
Enquanto isso acompanhe as mudanças.

O RELÓGIO DE DEUS

27 de mar de 2007

Há algumas semanas, a imprensa internacional divulgou a noticia de que o relógio do fim do mundo foi adiantado em dois minutos. Esse relógio simbólico foi criado em 1947, na cidade americana de Chicago, nos escritórios da BAS, uma revista científica.

Quando foi lançado, depois que os Estados Unidos jogaram bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, ele marcava sete minutos para a meia-noite. De lá para cá foram feitas dezoito alterações e, nos últimos dias, foi adiantado para 23:55. Nunca, desde o fim da Guerra Fria, ele esteve tão próximo da meia-noite, hora que representa a extinção da humanidade.

Segundo especialistas, o aquecimento global e a ameaça de uma guerra nuclear representam o risco significativo que levou ao adiantamento do relógio.

Se esse relógio de homens foi adiantado por causa da situação crítica do planeta e está bem próximo da hora final, qual deve ser a situação do relógio de Deus? Será que ele está parado ou também está sendo adiantado?

O comportamento da humanidade é inegável ser um dos sinais da volta de Jesus, e religiosos falam por uma boca só: ou Cristo volta logo ou o mundo vai acabar sozinho, o que não vai acontecer, segundo a Bíblia. Basta olhar para a natureza e ver as ameaças fortíssimas no desequilíbrio da temperatura global, nas catástrofes ambientais ou mesmo no risco da falta de água. No lado moral, não é difícil notar a família desestruturada: a sexualidade desenfreada e a honestidade desacreditada. No aspecto religioso, a confusão é impressionante, uma vez que se torna cada dia mais raro encontrar pessoas ou igrejas comprometidas com a Palavra de Deus. Quando olhamos para o governo mundial, vemos a ameaça de o terrorismo tornar reféns os habitantes deste mundo. Além disso, as notícias mostram líderes desencontrados que, em nome da paz, promovem a guerra ou olham apenas para seus próprios interesses.

Quanto tempo mais a Terra e seus habitantes suportarão esse clima de insegurança? Portanto, a volta de Cristo não é apenas um tema profético, mas uma questão de necessidade. Deus precisa intervir na história do mundo, e intervirá, precisa começar a escrever uma nova história, partindo do ponto em que o pecado interrompeu o curso das coisas.

Olhando para essa realidade, podemos dizer, com mais segurança, que “já ouvimos os passos de um Deus que Se aproxima”. O problema é que, em meio a tantas notícias, somos tentados a achar que tudo isso é normal, sem nos apercebermos de que tais acontecimentos são oportunidades e alertas que não devem ser ignorados.

É tempo de despertar como diz o apóstolo Paulo na sua carta aos Romanos 13:11. É tempo de viver esperando e apressando a vinda do dia de Deus como diz a epístola de II Pedro 3:12; grifos supridos. Precisamos fortalecer essas duas características que não podem ser colocadas em segundo plano pelos que estão atentos aos sinais, amam a volta de Cristo e querem estar no Céu.

Nosso compromisso consiste em esperar a volta de Jesus. Não podemos tirar os olhos do Céu nem trocar a eternidade pelas coisas deste mundo. Cumpre-nos melhorar a qualidade da comunhão pessoal, gastando mais tempo em oração e estudo da Bíblia. É tempo de experimentar a vida do Céu na Terra, assumindo um compromisso definido com os princípios bíblicos.

Como cristãos que somos nosso compromisso consiste também em apressar o dia do retorno de Jesus. Afinal, a única opção, se queremos que Cristo volte logo, é cumprir Mateus 24:14, onde Jesus nos manda pregar o evangelho do reino a todo o mundo. O evangelho do reino é a mensagem da volta de Cristo. Fomos chamados para reavivar essa mensagem e nosso compromisso é pregá-la ao mundo todo, começando por aqueles que estão perto de nós. Quanto mais nos envolvermos nessa missão, no testemunho pessoal e na evangelização, tanto mais cedo veremos realizados nossos sonhos e expectativas.

É impressionante ver cientistas e alguns incrédulos se renderem aos escritos sagrados chamando a atenção da humanidade para tentar solucionar os problemas de nosso planeta e que pelas forças e ciência humana, já foi demonstrado, que não há solução, porque uma boa parte da população mundial em porcentagem não colaboram para sua própria melhora e apontam e depositam esperança e confiança em algo sobrenatural vindo do céu.

Portanto, estejamos mais atentos ao relógio de Deus. Comprometamo-nos com Ele, e assim O ajudaremos a adiantar seu relógio. A Bíblia afirma que não retarda “o Senhor a Sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, Ele é logânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.” (II Pedro 3:9).

Nos parece que nosso mundo não terá muito tempo de vida. Prepare-se, com certeza este fim virá e só Jesus tem a solução para aqueles que acreditam nEle como Salvador da humanidade.

Fonte de base

cpbrv/fevp.0407

Obrigado por abrir a página deste site, indique a outros amigos seus. Estamos orando por você. Se caso surgir alguma dúvida, faça pergunta que lhe atenderemos com muito prazer.

0 comentários: